terça, dezembro 10, 2019
Actividades Futebol
imageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimageimage

Assembleia-geral Ordinária

– Acta nº 93 –

No dia 17 de Janeiro de 2015, reuniu a Assembleia-geral ordinária do Murtalense – Associação Desportiva, Cultural e Recreativa, com início dos trabalhos pelas 21h37 com 22 presenças. ---

Ordem de trabalhos: 1- Aprovação da acta da última assembleia-geral. 2- Aprovação de contas do triénio 2012 a 2014 e respectivo relatório do Conselho Fiscal. 3- Analise da situação da junção com o Grupo Desportivo Murtalense. 4- Eleição de corpos gerentes para o triénio de 2015/2017. 5- Assuntos diversos de interesse da Associação. ---

Sr. Paulo Pereira deu conhecimento de que o seu vice-presidente pediu a demissão e os secretários encontram-se doentes. Por essa razão solicitou à Direcção na pessoa do Sr. Jorge Fontes, o favor de realizar a função de secretário da Assembleia. ---

1- Sr. Eugénio Roque propôs que a leitura da última acta não fosse lida e passássemos ao ponto seguinte. Aceite por unanimidade. ---

2- Sr. Jaime Pereira leu a ultima acta do Conselho Fiscal com o parecer das contas do ano 2014, já previamente aprovadas por este órgão, estando os balancetes dos anos 2012, 2013 e 2014 expostos na sala para consulta de qualquer um dos presentes. Nenhum dos presentes colocou dúvidas e foi o mesmo aprovado com 1 abstenção. ---

3- Sr. Jorge Fontes tentou explicar a situação desde 2009 até ao presente e que a resolução para fechar o assunto está pendente da disponibilidade do Presidente de Direcção do GDM, em fechar as suas contas e realizar a ultima assembleia-geral dessa associação. Mas que na opinião do Sr. Jorge Fontes os passivos e activos do GDM só deveriam ser aceites pelo Murtalense desde que a CMC apresente um documento em que se responsabiliza pela divida do GDM à empresa de Arquitectos, já que todas as alterações e novos projectos sempre foram solicitados por esse órgão através dos seus vereadores. Houve ainda várias perguntas e respostas pelos presentes e os mesmos ficaram elucidados sobre este assunto, concluindo que nada se podia fazer de momento.---

Às 21h55 entrou na sala mais um associado, Sr. Ricardo Galrão. ---

4- Sr. Paulo Pereira informou que existe uma lista, que ficou identificada como Lista “A”.

Sr. Jorge Fontes informou que existem sócios na lista que ainda não cumpriram o mínimo tempo de associado estipulado pelo Regulamento Interno para que possam ser elegíveis para cargos de gerência da associação, que é de seis meses. Sr. Paulo Pereira colocou a questão aos presentes e foi aprovado a isenção desta regra com 20 votos a favor e com 3 abstenções. Deu-se então dez minutos para que os presentes analisarem melhor a lista apresentada. Após este intervalo e mediante a não existência de perguntas sobre os associados que se propõem, passamos para a votação da Lista “A” que ficou aprovada por unanimidade. Ficando o ato de posse agendado para as 21 horas do dia 24 de Janeiro de 2015, nas instalações da sede da associação. ---

5- Sr. Paulo Pereira informou que recebeu o pedido para se apresentar um voto de louvor aos corpos gerentes que agora findam o seu mandato. Foi o voto aceite e aprovado por unanimidade. ---

Sr. Paulo Guerreiro solicitou o favor de se ler a acta anterior da assembleia-geral. Foi a mesma lida pelo Sr. Jorge Fontes e nenhuma questão foi apresentada sobre a mesma. ---

Sr. Jorge Fontes solicitou aos presentes que aceitassem mais um voto de louvor, para o associado “Mané” (Sr. Amílcar Guerreiro) pelo trabalho desenvolvido junto com a direcção que agora cessa funções. Apesar de não pertencer aos órgãos sociais sempre compareceu às reuniões semanais com a participação das suas ideias e opiniões, para além de ajudar em outras actividades pontuais. Foi o voto de louvor aceite e aprovado por unanimidade. ---

Sr. José Santos informou que tinha de sair dos corpos sociais, mas já cá estava desde 2001 com o Sr. Paulo Guerreiro, Sr. Jorge Fontes e Sr. Paulo Pereira. Pediu aos novos corpos sociais que vão tomar posse para não deixarem cair esta associação que tanto custou a erguer de novo. ---

Sr. Paulo Pereira encerrou os trabalhos da assembleia-geral pelas 22h55 com os parabéns e votos de muito sucesso aos novos corpos gerentes eleitos. ---

O Presidente da Mesa da Assembleia-geral ---

 (Paulo Pereira) ---